sábado, 6 de junho de 2009

É preciso esquecer...

É preciso esquecer...
esquecer rostos, caminhos, espelhos
é preciso esquecer ruas, olhares, lágrimas,
é preciso esquecer o sofrimento
é preciso esquecer a sala, o quarto, o corredor...
é preciso esquecer sentimentos,
aqueles que enganam como se fossem ainda o que já não são....
é preciso esquecer
é preciso, não se engane,
esqueça!    

Nenhum comentário:

Postar um comentário