sábado, 20 de junho de 2009

(...)Amo tanto e de tanto amar
Acho que ela acredita
Tem um olho a pestanejar
E outro me fita

Suas pernas vão me enroscar
Num balé esquisito
Seus dois olhos vão se encontrar
No infinito(...)

Tanto Amar
Chico Buarque

Nenhum comentário:

Postar um comentário