segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Fique de vez em quando só, senão será submergido. Até o amor excessivo pode submergir uma pessoa.

Clarice Lispector
Mas tenho medo do que é novo e tenho medo de viver o que não entendo - quero sempre ter a garantia de pelo menos estar pensando que entendo, não sei me entregar à desorientação.

Clarice Lispector


(...) As possiblidades de felicidade
são egoistas, meu amor (...)

Cazuza
"Se não for hoje, um dia será. Algumas coisas, por mais impossíveis e malucas que pareçam, a gente sabe, bem no fundo, que foram feitas pra um dia dar certo."

Caio Fernando Abreu
"Não sou pra todos. Gosto muito do meu mundinho. Ele é cheio de surpresas, palavras soltas e cores misturadas. Às vezes tem um céu azul, outras tempestade. Lá dentro cabem sonhos de todos os tamanhos. Mas não cabe muita gente. Todas as pessoas que estão dentro dele não estão por acaso. São necessárias."

Caio Fernando Abreu

domingo, 30 de janeiro de 2011

novos ventos...

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Hoje, comecei a entender o que o amor deve ser, se ele existir. Quando nos separamos, sentimos que falta uma metade de nós mesmos. Estamos incompletos, como um livro em dois volumes do qual se perdeu o primeiro. Isso é o que imagino que seja o amor.. estar incompleto na ausência do outro.

(Frase do Filme Protegida por um Anjo)

sábado, 22 de janeiro de 2011

Cores da Clara

eu escrevo porque aqui me encontro... escrevo porque descubro mais de mim em cada palavra... escrevo porque sonho... escrevo porque calo!
Quando?
Hoje não dá...
Hoje não sei...
Hoje já acabou....
Amanhã quem sabe...
Hoje me sinto viva...
Hoje eu quero um pouco mais de mim...

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Quino



CAOS
A
O
S
...Que minha solidão me sirva de companhia.
que eu tenha a coragem de me enfrentar.
que eu saiba ficar com o nada
e mesmo assim me sentir
como se estivesse plena de tudo.
Clarice Lispector

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

"Todos caminhos trilham pra a gente se ver
Todas as trilhas caminham pra gente se achar, viu
Eu ligo no sentido de meia verdade..."
Maria Gadú
Nosso sonho
Se perdeu no fio da vida
E eu vou embora
Sem mais feridas
Sem despedidas
Eu quero ver o mar (...)

Vanessa da Mata
Mas isso (tristes de nós que trazemos a alma vestida!),
Isso exige um estudo profundo,
Uma aprendizagem de desaprender (...)

Alberto Caeiro

De noite na cama

De noite na cama, eu fico pensando
Se você me ama ... E quando
Se você me ama, eu fico pensando
De noite na cama ... E quando
De dia eu faço graça
Pra não dar bandeira
Não deixo você ver
De dia o tempo passa como brincadeira
Por longe de você
Por onde você mora
Parece demora
Por hora não vou ter
Coragem de dizer
Mas há de ver a hora
... Se você for embora
Agora
De noite na cama, eu fico pensando
Se você me ama e quando
Se você me ama, eu fico pensando
De noite na cama e quando

Marisa Monte
Composição: Caetano Veloso
mude. pequenas mudanças. um dia de cada vez. passe por ruas diferentes. experimente novos sabores. ouça música, muita música. veja um novo filme. corte os cabelos. mude a cor. converse com pessoas que ainda não conhece. observe os pássaros. ouça o canto dos pássaros. observe as luzes da cidade durante a noite. caminhe. beba água. ande descalço ou de chinelos. escreva. olhe fotos antigas. viva as pequenas coisas... viaje sem sair de casa... imagine, sonhe, sinta... leia poesia... leia um conto... leia Cem Anos de Solidão.... sinta o vento... observe as folhas caindo... "As coisas não têm significação: têm existência" Alberto Caeiro

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Pra começar bem o ano, depois de tanta comilança, nada melhor que uma vitamina de mamão (com banana, aveia e semente de linhaça)