terça-feira, 28 de outubro de 2014

O melhor da vida

O que vale nessa vida
Tem um pouco do seu jeito
Jeito do seu corpo, jeito do seu pensamento
Jeito de gostar dos outros cada vez gostando mais
Do seu jeito de falar tranquilo
Como quem promete e faz

O que vale nessa vida é ver como você aproveita
Desde a hora que levanta até a hora que deita
Quando escolhe a coisa certa é tudo sem receita
Quando perto de você a própria confusão se ajeita bem

E me vem que a vida vale mil
Mil vezes sou nós dois
Mil meses de amor
Antes de ter prorrogação
Se a vida é por um fio
Valeu pra quem já viu
Seu jeito de tocar no coração

E nas noites que o tempo para e você me abraça
Sinto que o melhor da vida sempre vem de graça
Sinto que o melhor momento é aquele que não quer passar
E que dura toda a eternidade
E isso é só pra começar

O que vale nessa vida, vale como um bom presente
Cai do céu, um bem que a gente sente
Vem como você vem antes de eu me preparar
E me diz: Vai ficar aqui, pois aqui é seu lugar

E me vem que a vida vale mil
Mil vezes sou nós dois
Mil meses de amor
Antes de ter prorrogação
Se a vida é por um fio
Valeu pra quem já viu
Seu jeito de tocar no coração

E me vem que a vida vale mil
Mil vezes sou nós dois
Mil meses de amor
Antes de ter prorrogação
Se a vida é por um fio
Valeu pra quem já viu
Seu jeito de tocar no coração

Marcelo Jeneci

perder a noção da hora
do lugar
de tudo
só pra desejar você!

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

ouvir Cazuza na madrugada
e mandar tudo as favas...
o tempo não para...

(...) Pra que usar de tanta educação
Pra destilar terceiras intenções
Desperdiçando o meu mel
Devagarzinho, flor em flor
Entre os meus inimigos, beija-flor (...)

CAZUZA
é bem isso mesmo
mas eu sigo em frente....

Tristesse...

Como você pode pedir
Pra eu falar do nosso amor
Que foi tão forte e ainda é
Mas cada um se foi
Quanta saudade brilha em mim
Se cada sonho é seu
Virou história em sua vida
Mas prá mim não morreu
Lembra, lembra, lembra, cada instante que passou
De cada perigo, da audácia do temor
Que sobrevivemos que cobrimos de emoção
Volta a pensar então
Sinto, penso, espero, fico tenso toda vez
Que nos encontramos, nos olhamos sem viver
Pára de fingir que não sou parte do seu mundo
Volta a pensar então
Como você pode pedir...

Milton Nascimento
...que foi tão forte e ainda é mas cada um se foi....
eu consigo me ver para além do que você me vê
eu consigo me ver mesmo em momentos difíceis
eu consigo me ver no caminho do que sempre quis
eu consigo me ver no tempo de me laçar
no tempo de ser
no tempo de esquecer
no tempo de aprender
no tempo de te deixar pra traz
no tempo de ser eu mesma
no tempo de amar
de me amar

terça-feira, 21 de outubro de 2014



Chavela sobre Frida


um fato maravilhoso para refletir
é que toda criatura humana
foi constituída para ser
um profundo segredo...
e um mistério para as outras
Charles Dickens



querido
isso não é complicado pra mim
pode crer...

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Em minha terra

Gosto demais dos filmes com Juliette Binoche. E este em especial ainda não tinha visto. Em minha terra, de 2004, dirigido pelo irlandês John Boorman. Um filme que trata dos julgamentos logo após o fim do apartheid na África do Sul. Binoche, no papel de uma poetisa, acompanha um jornalista negro americano nas investigações a partir de depoimentos recolhidos nos julgamentos, e se apaixona por ele. Aquilo que ela não via, e que também fingia que não via anos atrás, começa a saltar aos seus olhos, mexer com tudo que acreditava até então, a mudança de seu personagem é marcante, Cabe aqui a leitura que Hannah Arendt faz sobre o julgamento de Eichmann, em Jerusalém. O mal praticado no cotidiano, como um ato qualquer, "a banalidade do mal". Entre os depoimentos aparecem os relatos em torno da obediência: "eu estava apenas cumprindo ordens". O romance, que aparece como um ponto negativo nas críticas sobre o filme, traz leveza ao enredo, em meio a tanta crueldade e horror. Ana, a personagem de Binoche, ao se despedir do jornalista americano, interpretado por Samuel L. Jackson, diz em seu ouvido: "Minha pele nunca vai te esquecer". Tudo que ela viveu através dessa experiência mudaria sua vida para sempre...   

domingo, 12 de outubro de 2014


Goya


"Goya não é somente um dos principais pintores de sua época: é também um dos pensadores mais profundos daquele período (...)" Todorov 

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

madrugada
como eu gosto de você....


o tempo é pouco

a compreensão é nula

alguns sentidos são extremados

e só?


coisas sobre mim...
decifra-me
ou devoro-te...
gosto demais de ser inteira
não quero ser metade

euuuu


eu ouvi essa mesma música muitas e muitas vezes...
e ela me dizia algo
algo...
que eu ainda não quero entender nem aceitar
mas a madrugada
a madrugada...

Stuck in a Moment You Can't Get Out Of



Borgia