terça-feira, 20 de outubro de 2009

Perdi meus fantásticos castelos
Como névoa distante que se esfuma…
Quis vencer, quis lutar, quis defendê-los:
Quebrei as minhas lanças uma a uma!

(...)

Florbela Espanca

Nenhum comentário:

Postar um comentário