terça-feira, 13 de outubro de 2009

"Estou cercado de olhos,
de mãos, afetos, procuras.
Mas se tento comunicar-me,
o que há é apenas a noite
e uma espantosa solidão".

Carlos Drummond de Andrade, no poema A Bruxa

Nenhum comentário:

Postar um comentário