terça-feira, 27 de outubro de 2009

Francisco Ferrer foi o fundador da Escola Moderna em Barcelona, em 1901. Escola mista, laica, racional e científica. Possuía biblioteca, tipografia, editava manuais e obras pedagógicas. Cresce como um foco intenso de cultura popular. O maior princípio da escola fundada por Ferrer é a liberdade da criança. Por todos os motivos citados a escola sofreu ataques violentos, Ferrer em 1909 foi preso, julgado, condenado a morte e executado. Seu último grito: "Viva a Escola Moderna". No Brasil os libertários protestaram sobre a morte de Ferrer. Denunciaram o controle da Igreja sobre a Educação e lutaram pela educação laica. Em 1912 João Penteado fundou a Escola Moderna de São Paulo, conhecida como Escola Moderna No. 1, no Belenzinho. Aqui a Escola Moderna também sofreu perseguição e foi fechada pelas autoridades republicanas em 1919. O momento de lembrar os 100 anos da morte do educador espanhol (que tanto influenciou a fundação de escolas libertárias no Brasil) também é momento de refletir se conquistamos a tão sonhada liberdade na Educação!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário