quinta-feira, 28 de maio de 2009

O livro que, entre todos, é o mais difícil de interpretar, é o único que a realidade ditou, o único impresso em nós pela própria realidade.

Marcel Proust (tradução: Rodrigo Garcia Lopes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário