terça-feira, 11 de março de 2008

Você não entende


você não entende

que tantas possibilidades havia

de redescobertas sem partidas

de afastamentos sem feridas

de recriar o amor em uma nova verdade

você não percebia

que havia beleza em tantas coisas

tantas palavras

tantos vazios

e tantos silêncios

em que você estava

e ainda está

mas nao quer ver

prefere interpretar

e esquecer

fechar os olhos

se perder

e não me achar!!!!


Clarear

Nenhum comentário:

Postar um comentário