quinta-feira, 13 de março de 2008

Lugares mágicos


«Durante anos, compus música. De repente, decidi escrever livros. As pessoas perguntam porquê, mas não consigo responder, pois nada há a dizer nem sobre a música nem sobre os livros. Não gosto de falar de mim. Nada tenho a dizer.Sem nunca formular o conceito, baseava o meu sentido do mundo na convicção irrazoável de que certas partes da terra eram mais mágicas do que outras. À pergunta do que entendia por magia, teria com certeza definido a palavra como um lugar secreto entre o mundo da natureza e a consciência humana, uma passagem directa, mas oculta, que curto-circuitava o cérebro.»
Tradução: CSA

Nenhum comentário:

Postar um comentário