domingo, 27 de abril de 2008

Seguindo...

Não saberia me calar diante de você
Houve uma tentativa de fingir que não sinto nada
Mas foi inútil...

Não foi sua voz
Não foi seu rosto
Apenas algumas palavras...

Seu rastro deixa um cheiro de saudade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário