domingo, 27 de abril de 2008

As horas

"Não se pode encontrar a paz fugindo da vida"

"Se me disser quando fui mais feliz foram anos atrás. Me lembro de uma manhã levantei ao amanhecer havia um sentimento de 'possibilidade'. Sabe... Um sentimento. Então, me lembro de pensar comigo mesma. 'Então esse é o início da minha felicidade. E claro que sempre haverá mais.' Nunca me ocorreu...que não era o começo, era felicidade. Foi aquele momento, aquele momento."

"Seria fácil dizer que me arrependo. (...)Mas o que seria se arrepender de algo que não se tem (ou teve?) escolha?"

"Mas ainda terei que enfrentar as horas, não é? Quero dizer, as horas depois da festa. E as horas depois delas."

"Sempre os anos que foram nossos, Sempre os anos, Sempre o amor, Sempre as horas."

"Era a morte.Eu escolhi a vida."

"Luto sozinha na mais profunda escuridão e só eu sei o estado em que estou..."

"O Tempo de esconder acabou. O tempo de arrepender-se, se foi. O tempo de viver é agora."

Frases do filme As Horas - um filme sobre mulheres, sobre escolhas e "não escolhas"... sobre a vida e o desespero da vida... sobre Virginia Woolf...


Nenhum comentário:

Postar um comentário