quinta-feira, 24 de abril de 2008

Mente inquieta

Mente inquieta
como inquieto é o coração
que não cabe no peito
a espera de amar...
amar e esquecer o tempo
para não esquecer de mim mesma!

Nenhum comentário:

Postar um comentário