sábado, 23 de fevereiro de 2008

Não sei...

Não sei exatamente o que eu quero...
você sabe???
sabe sem me importunar???
ou nao sabe e mesmo assim quer me testar???
a gente tenta se enganar, tenta se iludir, tenta, tenta e tenta...
Mas há dias em que é melhor calar, deixar levar... ou não....
Descobri que gosto de momentos comigo mesma...
e esses momentos... eu não os trocaria por nada...
em outros, quero você por perto, mas você ou "um você" que não mais existe???
De repente me vejo só novamente... por escolha... por vontade... por necessidade... por querer de menos ou querer demais... ou simplesmente por não querer nada!
E nos últimos meses, parece que tudo está mais claro... mais óbvio...
e ao mesmo tempo, tudo parece pronto a mudar novamente, pronto para tantas releituras de mim mesma...
Uma confusão de sentimentos, e a cada vez que você pensa que eu ainda resisto em te esperar...
mais longe eu posso estar de você!!!
CLAREAR

No fundo, no fundo, bem lá no fundo, a gente gostaria de ver nossos problemas resolvidos por decreto.... Paulo Leminski

Nenhum comentário:

Postar um comentário