sábado, 23 de fevereiro de 2008

Frida... a verdade, a dor e a vida.




Moderna, intensa...

realista?

da própria realidade, dizia ela...

existência e embate:

"Para que preciso de pés se tenho asas pra voar?"


"Espero a partida com alegria...e espero nunca mais voltar...Frida"

Nenhum comentário:

Postar um comentário