segunda-feira, 9 de junho de 2008

Quando

Quando eu me fartei do seu olhar
e me perdi no seu sorriso
quando me calei no teu silêncio
e quando quebrei teu silêncio
com minha sede de você

quando fiz que não entendi
que você queria algo que eu não queria
ou o contrário...
quando tudo se perdeu...
mas nada havia sido encontrado
nada havia sido
nada
nada
silêncio
palavras
silêncio
coisas
mudas
sujas
lindas
próximas
distantes
cheias de cores
recebidas
preenchidas
vivas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário