quarta-feira, 25 de junho de 2008

Mais... menos

Algo que me liberta
que me faz respirar
Me leva pra longe de você
mesmo com você tão perto.

Algo que não entendo
mas também...
nem tento

não importa
não importa nada

Nada faz mesmo sentido

E quanto mais confuso
mas atraente fica...

Nenhum comentário:

Postar um comentário