quarta-feira, 16 de julho de 2008

Você aqui tão perto
mas em muitos momentos
chego a desejar que você esteja distante
Por alguns segundos
volto a te amar
com fúria
e sabor
e de repente
tudo se perde novamente
como uma névoa escura
que nunca se dissipa...

Nenhum comentário:

Postar um comentário