sexta-feira, 18 de julho de 2008

Nada espero...vivo

Sem esperas
Sem certezas
no silêncio
no momento
você
calor
pele
cheiro
noite
nada sei
nem procuro
mas realizo
neste momento
um pouco deste desejo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário