sexta-feira, 4 de julho de 2008

Flores na janela


Flores na janela

Uma vida que se abre

E esquece de esquecer

Pelo menos uma trégua

Pra tentar descobrir

Se ainda é amor!


Nenhum comentário:

Postar um comentário