domingo, 13 de julho de 2008

Me perdi

Me perdi em você
e nunca mais me encontrei
procuro um refúgio
em meio a essa saudade
chego a acreditar que te esqueço
e de repente
ali está você de novo
mais presente do que tudo ao redor
não entendo
de onde vem
como sobrevive
é um sentir
mais forte
do que eu possa controlar
é uma espera
uma espera
pronta a devorar você!
Só mesmo você conseguiria entender
tantas palavras soltas
loucas
com sede de você!

Nenhum comentário:

Postar um comentário