quinta-feira, 2 de setembro de 2010

"O Estado é o mais frio de todos os monstros frios. Mente friamente, e esta mentira rasteja de sua boca: 'Eu, o Estado, sou o povo.' É uma mentira. Só onde termina o Estado, começa o homem." Nietzsche

Nenhum comentário:

Postar um comentário