terça-feira, 31 de agosto de 2010

Algo vai assim acontecendo... de mim pra mim mesma... são meus olhos, meus sentidos, meus caminhos... não sei dizer, explicar... não deixo a vida me levar... eu tomo a vida, a minha vida nas minhas mãos... sonho... tudo começa pelo sonho, se deixarmos de sonhar o que vivermos terá pouco ou nenhum sentido... a terra, o pó, a chuva, a estrada, o pão, a vida. Me deixo, me permito, um sabor, uma vontade. " A vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem." João Guimarães Rosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário