sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Realmente,
a solidão alimenta o poeta....

Nenhum comentário:

Postar um comentário