domingo, 18 de maio de 2008

Palavras e mundos vastos

Dias delicados
palavras delicadas
reservas
silêncio
Nada sei
Não entendo
Não procuro mais sinais
Nem verdades
Nem mesmo meias verdades
Vive-se o momento
O momento belo e pleno
Na sua beleza de ser o que é
Um momento
Como se hoje fosse mais leve
E a saudade de amanhã um complemento
Um prazer encontrado no fundo da dor?
Não um novo amor
Talvez desejasse ser...
Talvez apenas um desejo...
Uma voz
Sua voz
Não quero mais teus olhos perto dos meus
Eles me confundem
Não quero mais teu silêncio perturbador

O que me leva até você?. .......

Nenhum comentário:

Postar um comentário