domingo, 11 de dezembro de 2016

sabe, tem palavras que não cabem aqui agora
eu acabei de descobrir
que aonde não posso ver...
que é o céu de abril
ou o que sobrar de mim... posso.. carnaval.. nos olhos dele.. ...
eu não tenho nada a perder
ou pensando bem..
eu tenho sim...
tenho noites de lua
de história... de igrejas em fotos na luz do luar...
e embaixo desse gesto....
sou o que você quiser...



Nenhum comentário:

Postar um comentário