domingo, 11 de dezembro de 2016

eu queria escrever por pequenos pedaços
pequenas partes daquilo que está rodeando meu dia
meus pensamentos...
enquanto você é um passado quase morto...
você é uma luz nas minhas noites, uma conversa boa de tão boa... é só você querer que tudo pode acontecer...
já você é um turbilhão de sentimentos que são tão imediatos que nem dá tempo de pensar...
e você é algo assim tão permanente... até o dia que eu me cansar...
e você, passado quase morto, já nem existe mais... é tão vago e tão distante...que já nem faz sentido ter você aqui...morto... morto.. só falta enterrar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário