segunda-feira, 1 de novembro de 2010

... e agora José?

A festa acabou,

a luz apagou,

o povo sumiu,

a noite esfriou,

e agora, José ?

e agora, você ?

você que é sem nome,

que zomba dos outros,

você que faz versos,

que ama protesta,

e agora, José ?

(...)

Carlos Drummond de Andrade

Nenhum comentário:

Postar um comentário