sábado, 31 de outubro de 2015

(...) O meu amor
Tem um jeito manso que é só seu
De me deixar maluca
Quando me roça a nuca
E quase me machuca com a barba malfeita
E de pousar as coxas entre as minhas coxas
Quando ele se deita, ai (...)

Chico Buarque

Nenhum comentário:

Postar um comentário