quarta-feira, 1 de outubro de 2014

eu ouvi essa mesma música muitas e muitas vezes...
e ela me dizia algo
algo...
que eu ainda não quero entender nem aceitar
mas a madrugada
a madrugada...

Nenhum comentário:

Postar um comentário