terça-feira, 5 de março de 2013

Longe de ti são ermos os caminhos,
Longe de ti não há luar nem rosas;
Longe de ti há noites silenciosas,
Há dias sem calor, beirais sem ninhos!
Florbela Espanca

Nenhum comentário:

Postar um comentário