sexta-feira, 15 de maio de 2015

são cenas desconexas
pensamentos soltos
mas você viu tudo ontem a noite
ou nada
me esqueci
ou fingi não entender
qualquer coisa
além disso não sei o que escrevo na madrugada
gosto da sua voz
então, o que eu sou...
me escondo
entre palavras e divagações
gosto da sua presença
do que você diz
e mesmo do seu silêncio
eu gosto...

Nenhum comentário:

Postar um comentário