segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Joguei sobre você tantos medos, tanta coisa travada, tanto medo de rejeição, tanta dor. Difícil explicar.

CFA

Nenhum comentário:

Postar um comentário